sábado, 31 de dezembro de 2011

Há um ano atrás dizia eu "2011 é que vai ser!". Pois não foi porra nenhuma.
Pouco dinheiro.
Saúde a piorar.
Amor ainda não foi desta.
Por isso as expectativas são baixíssimas e os desejos para 2012 quase nenhuns...

Venha o que tiver que ser.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Mesoterapia com agulhas e AINE

E pronto o Sr Dr Fisiatra lá decretou que vamos à experiência da Mesoterapia com o Piroxicam injectado. Claro que vai doer pra c****** mesmo com a Lidocaína mas pronto experimenta-se. Entretanto vai de emplastro!
Para a semana lá estarei de rabo para o ar a ser picada nas costas. Oxalá resulte!

Péssima, péssima, péssima

Este ano deu-me para as doenças. Não sou nada dessas coisas e detesto medicação.
Tenho uma infecção respiratória, mal consigo respirar, canso-me só de falar...
Claro que isto é o corpinho a dizer "ó faxavor pára lá um bocadinho"! E pronto estarei paradinha sem mexer palha até dia 1 à tarde...
Mas claro que a casa não se limpa sozinha (apesar de sábado já cá ter a minha mãe a querer limpar tudo).

Reclamação final: dói-me o nariz de tanto assoar e não sair nada e o tórax também me dói... custa-me respirar para caraças. Vai ser uma passagem de ano engraçada vai.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

É a segunda vez este ano que fico doente coisa que não é nada normal em mim.
Uma vez por ano uma faringite ou laringite mas este ano já vou na segunda.
É só uma por ano ó faz favor!
Estou de rastos, tenho a cabeça oca e dói-me, tenho o nariz congestionado, tenho a garganta arranhada e tudo que como ou bebo me sabe mal... Passei o dia todo a dormir!
Fazer quatro noites seguidas também não ajuda e infelizmente ainda faltam duas!

A culpa foi da lareira em casa do A, pelos vistos lá por casa também está tudo assim...

sábado, 24 de dezembro de 2011

Apesar de não passar o Natal sozinha.
Apesar de passar o Natal com o meu melhor amigo e a sua família começa a ser difícil conter as lágrimas.
Não gosto desta época.
Não pertenço a lado nenhum.
Ninguém me espera.
Ninguém me sente a falta.
Preciso do meu sítio e de preferência que não seja este sítio que é de solidão.
Já tive esse sítio, já tive essa minha família, esses beijos e abraços natalícios. Já esperaram por mim para abrir prendas e quero pensar que ainda voltarei a sentir esse amor.
Por hoje sinto-me uma intrusa apenas isso.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Mensagem Natalícia

Passo a informar que por motivo de trabalho me irei ausentar nos próximos dias.
Comam, bebam (mas pouco) e recebam muitos presentes.
Eu cá estarei a cuidar de gente...

Romeu e Julieta pela CNB

Gostei imenso.
Obrigada minha querida amiga E por esta magnífica prenda de Natal!
(e próximamente haverá mais cultura!)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Tivesse eu mais dinheiro e comprava os melhores presentes do mundo para as pessoas que amo.
Claro que a merda do meu carro me dá despesas quando menos preciso delas. Hoje é um desses dias.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Preciso tirar férias de mim.
Preciso arrancar-me da minha carne, ver-me de outra perspectiva e perceber o que raio está errado.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Para a minha avó... "e é amar-te assim perdidamente"



Porque te perco um bocadinho todos os dias, porque a vida é mesmo assim e estamos tranquilas quanto a isso.
Porque no iremos amar perdidamente para todo o sempre.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Apesar de estar morta de cansaço foi fantástico poder ter partilhado as minhas dúvidas e incertezas com outros colegas de profissão mais novos e mais velhos. Senti-me normal.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Saúde Ocupacional

E a situação resume-se a:
- fico com incapacidade de 20% por tempo indeterminado
- tenho indicação médica para não mobilizar doentes e não fazer carga
- aguardo iniciar fisioterapia
- a cartinha com esta informação vai para a Direcção de Enfermagem e para a estúpida da minha chefe.

Consciência tranquila.
Tenho dito.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Compras de Natal

feitas numa hora.
E são todas prendas personalizadas e a preços impecáveis.
Valha-me a organização (é pena é só ser em algumas coisas da minha vida porque o resto está de rastos).
É mau trabalhar num sítio inde não se gosta, com quem não se gosta, quando já se pediu transferência há um ano.
É mau ter dores provocadas por uma hénia de localização pouco comum.
Mas mesmo mesmo mau e foder-me mesmo à grande é ter uma puta de uma chefe que está a fazer tudo para que eu me veja obrigada a pedir baixa laboral atribuindo-me os doentes mais "pesados" do serviço (e a supervisora também não mexe palha!).
Segunda feira logo veremos quem se fode mais depressa! (quero ver quem se vai foder mais se me puserem de baixa agora no Natal, quero ver quem é que vai ter que abdicar dos descansos para ir fazer as minhas tardes e a minhas noites no Natal).
Juro que hoje estive para sair porta fora e despedir-me! Mas não, eu sou melhor que aquilo e vou-me aguentar e vou sair de cabeça erguida.