sábado, 25 de dezembro de 2010

4 lágrimas

Não...no meu coração este ano não houve Natal.

4 comentários:

D. João disse...

devias ter havido, garanto-te.houve de certeza quem não se esqueceu de ti.

Inês disse...

Ok....eu ando por aqui há pouco tempo,mas já me apercebi de que és uma senhora com a sensibilidade à flor da pele.
Estava para comentar o post anterior mas prefiro escrever neste fazendo "um resumo".
Tu tens uma das profissões mais humanas que existe, e pelo que "vejo" pões todo o teu coração no que fazes e nos pacientes que ajudas.E o facto de seres tão voluntariosa é de certeza um motivo de orgulho para a tua avó.
O facto é que quando a vida não nos corre de feição temos a especial tendencia a ficarmos mais sensíveis e deprimidos nesta época,faz parte de nós,parece que vamos condensando tudo ao longo do ano para deitarmos cá para fora nesta altura.
Como o Senhor Professor João disse,tenho a certeza de que tiveste pessoas que se lembraram de ti, e penso que apesar de todos os senãos é reconfortante trabalhar nesta altura do ano a fazer o bem a quem precisa e receber nem que seja um sorriso em troca.
(acho que fiz um testamento....)
Bjs grandes

Perfectly Crazy disse...

Inês obrigada pela palavras.

Inês disse...

Perfectly: eu espero muito não ter ferido susceptibilidades,mas dou a modos que directa nas coisas.Podes ver no blog do João que eu peço-o em casamento,e depois ralho.
Alguma coisa que precises,no meu estaminé o meu mail está lá.
Bjs